A Importância da Dança na Educação Infantil Home // A Importância da Dança na Educação Infantil

A Importância da Dança na Educação Infantil

A Importância da Dança na Educação Infantil

.

Através da dança as crianças aprendem as noções de espaço, sequências, padronização e uma consciencialização do próprio corpo.

.

.

Benefício emocional

A dança é uma forma de expressão que ajuda o seu filho a explorar os seus sentimentos, além de adquirir maior autoconfiança.

Benefício social

A dança é uma experiência comum que promove a tolerância e apreço pelos outros.

Benefício cultural

Dançar fomenta o interesse de outras culturas. Ao estudar diferentes estilos de dança a que se originam em outros países, o seu filho adquire uma maior compreensão histórica de outros povos.

Qual é o melhor estilo?

Não importa o estilo, o importante é que o seu filho tenha uma experiência agradável e bem movimentada, que explore as suas habilidades individuais através de experiências de aprendizagem.

Geralmente as aulas de dança para crianças centram-se na criatividade e nas possibilidades de movimento. Assim, elas podem desenvolver uma preferência pessoal por padrões de movimentos e estilos.

 

Os aspectos explorados num treino para crianças são:

Elementos e energia:

Elementos que envolvem o corpo no tempo e no espaço, na qual as crianças aprendem a usar esses elementos para expressarem-se artisticamente.

Anatomia e alinhamento:

O corpo é o instrumento da dança que deve ser mantido em perfeita sintonia. Portanto, aprende-se a organizar e alinhar o corpo afim de se moverem de maneira eficiente e saudável.

Movimento criativo:

As crianças aprendem a fazer escolhas de movimento estético para coreografar com forma, estrutura e significado.

.

A dança desenvolve estímulos como:

.

  • Tátil – sentir os movimentos e seus benefícios para o corpo;
  • Visual – ver os movimentos e transformá-los em atos;
  • Auditivo – ouvir a música e dominar o seu ritmo;
  • Afetivo – emoções e sentimentos transpostos na coreografia;
  • Cognitivo – raciocínio, ritmo, coordenação;
  • Motor – esquema corporal, coordenação motora associada ao equilíbrio e flexibilidade.

.

Conclusão

Desenvolver a musicalidade e a expressão corporal na educação infantil é muito importante, não só para trabalhar actividades que envolvam a música e a dança, mas também para o reconhecimento do seu corpo, das suas possibilidades e limitações espaciais, temporais e laterais.

É necessário salientar que as actividades que envolvem música e dança, é, sem dúvida, um importante meio de inserção de cultura e prazer, julgando que as crianças sabem relacionar música e dança, pois é algo materno e com certeza que elas irão perceber essa actividade como uma possibilidade de brincar, e não há nada mais grandioso do que aprender a brincar.

 

 

.


Leave a comment

Your email address will not be published.


Post Comment